quarta-feira, 13 de julho de 2016



 Nem faz assim tanto tempo, décadas de uma amizade real, repleta de romances, tragédias, dramas e acima de tudo muito coragem e amor.


Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.