segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Eu não tenho medo do futuro, aliás nada temo. 
Tudo que havia de ruim de certa forma já ocorreu, 
Que a vida me brinde de dourado, escarlate e prata...
Porque purifiquei meu corpo com os banhos dos Orixás!




Imagem relacionada

Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.