sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Você é único, assim como essa flor do meu jardim, insubstituível em todos os sentidos...
Assim como vejo a beleza que há nessa flor, eu também me fascino por tudo que há em você. 
Logo, desvendarei seus mistérios! 
Poderei imaginar e inventar o que quiser, fazer loucuras, delirar...
Você não liga.
 Sei que gosta desse meu jeito travesso de ser.


 V

Nenhum comentário: