terça-feira, 18 de novembro de 2014

Já sinto o calor...
Aquele que queima por dentro e transparece por fora.
Não tenho porque mentir, gosto de ser mulher, gosto de ser amada.
Me julgue quem quiser, não me importo.
Desde que eu satisfaça meus desejos.



Sou melancólica desde pequena, traumas de infância.
Até hoje ouço Whitney Hounston, repetida vezes.
Canto com ela, expulso meus demônios, me liberto do que oprime. 

Nenhum comentário:

Me faltam as palavras para descrever o quão é go stoso cultivar as flores.