quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Enquanto se debate a conduta de um professor racista de uma universidade" onde se deveria praticar a igualdade em todas as suas formas". O terror continua, ataques a caixas eletrônicos, sequestro relampados, assassinatos, estelionatos, roubos, assaltos, arrastões... 
Por favor parem de tanta hipocrisia, ninguém se importa a não ser que sofra na pele. Todos passam por você e fingem não verem, nem se importam, é triste mas se percebe que estás sozinha.

Quero fugir pro mato, viver de plantas e dormir ao relento, beber água da fonte. 
Isso sim é vida, não preciso de dinheiro, nem de roupas, cultura pra quê? Num mundo repleto de bestas... 
Eva moderna!

Que nada... A selva urbana também faz a seleção dos mais fortes e capacitados, só os rijos sobrevivem e se adaptam.
Não há para onde fugir, os tentáculos do mal estão por toda parte.
É preciso tão somente ter coragem, não fugir à luta!
Ele segue os princípios de Maquiavel, eu entretanto sou mais espiritual, acredito nas leis divinas.
Quem vencerá essa batalha a razão ou a emoção?
Quem viver verá...



Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!