terça-feira, 28 de julho de 2015

Eu não pretendia mudar, mas foi preciso...
Bem dentro do meu ser continuo a mesma criança inocente

...e por fora não me orgulho das escamas que vesti.
Diante da morte e do carcere fiquei desorientada, 
despi minhas vestes brancas, me cobri de rubro e parti pra guerra
senão eles teriam me exterminado feito uma praga
ninguém gosta de "santos" todos preferem o contrário.


De certa forma eu morri sim, mas acredite foi para melhor
Pelo menos agora não carrego o manto pesado do rancor.

Nenhum comentário: