quinta-feira, 23 de julho de 2015

Eu viajo sempre, acordada ou dormindo. Viajar é meu destino...
Busco o encantamento, a beleza, o desconhecido e a surpresa.
Viajar é um sonho que vai se construindo aos poucos e se fragmenta no fim com a saudade de quem ficou para trás.
Viajar é preciso, senão os sonhos morrem e a alma amadurece, e elas devem ser sempre jovens...


Eu viajo para ver o mar, imenso e azul!

Nenhum comentário:

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...