quarta-feira, 15 de julho de 2015



Um dia precisei amar a minha dor. Era o único jeito que tinha de continuar vivendo.
Ou aprendia ou morria com ela, resolvi aprender...

Nenhum comentário:

Escrever... Saber expressar-se de forma a ser compreendida. E de onde surgem minhas convicções? Como posso me dizer uma pessoa simples, ...