sábado, 30 de janeiro de 2016

Amor!

O amor pelo filhos é incondicional. Às vezes chega machucar, doer mesmo.
Amor que conforta e agride, invade espaços e preenche lacunas.
Eterno e doloroso...
Pelos netos é igual, apenas um pouco mais sofrido e intenso.

Nenhum comentário: