quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Total inércia invertida

Eu preciso desse intervalo de luto, onde me desfaço das escolhas equivocadas que fiz. 
Durante muito tempo sequestrei meus sentimentos mais nobres por achar que ninguém os merecia.
Sepultei o egoísmo que me destruía aos poucos e fiz emergir novamente a bondade que sempre me foi um traço muito forte.
O real sofrimento não estava me fazendo ser uma pessoa melhor ao contrário, estava me destruindo e arrastando quem perto de mim permanecia. O auto resgate é um estado doloroso e de muito sofrimento. 
Necessito admitir meus erros e corrigir as falhas... Ainda tenho um longo processo pela frente e vou administrando pequenas doses de auto confiança. 

...rígida, estou morta.

Morrer não é tão ruim, sinto apenas um ranço como se meu corpo estivesse impuro e envolto por vermes invisíveis. 

Estou dando os primeiros passos
.
Água, preciso de pureza para me libertar, ressuscitar!


Nenhum comentário: