segunda-feira, 18 de maio de 2015

A cada amanhecer a chama da esperança se renova.

Estou com saudades, ares do sul...

Há momentos em fica difícil camuflar as emoções.

Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!