segunda-feira, 4 de maio de 2015

Eu serei!

Dançarei nas noites de lua, brincando de tocar as estrelas.
Ah! Quão infinito és este universo, maravilhoso de negro mistério.
Fantástico em sua magnitude e exuberante como a um Deus.
Me cubra com seu manto ébano e me faça renascer na constelação de Oríon.

Nenhum comentário: