sexta-feira, 15 de maio de 2015

Te amarei enquanto eu viver...
Minha Natureza
Minha Mãe!





...vou te amar sobre a relva e sussurrar baixinho em seus ouvidos que pertenço somente a ti.

Nenhum comentário: