domingo, 10 de abril de 2016

A Beleza negra tem um valor figurativo...
Como uma peça de decoração exótica no canto das salas da classe média. 
Admirada! Desde que? Não saia do lugar de costume nunca. 
Cozinhas, copas, banheiros e lavanderias, ah! O querido quartinho nos fundos.
Não! Está na hora de mudarmos esses conceitos da época do império enraizada na sociedade até hoje. 
Estamos cada dia mais atingindo novos patamares e a real integração cada vez mais próxima. 
Essa será uma tarefa árdua que um dia terá um fim.

Nenhum comentário:

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...