domingo, 17 de abril de 2016

Um passo atrás do outro,
Um dia de cada vez,
Uma semana, um mês, um ano...
Assim devagar e com prudência!

Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.