sábado, 23 de abril de 2016

O brilho intenso  da Lua Clara  que me banha com sua imensa embriagues.
Eu quero ser a sua luz, o símbolo eterno dos amantes e a inspiração dos grandes e eternos poetas.
Cantarei em sua homenagem em minhas quentes e longas noites de inspiração.

Nenhum comentário:

Escrever... Saber expressar-se de forma a ser compreendida. E de onde surgem minhas convicções? Como posso me dizer uma pessoa simples, ...